O que é auditoria financeira? Como fazer uma auditoria?

Para entender o papel da auditoria financeira, é importante pensar no peso que as finanças representam para qualquer negócio. Fluxo de caixa, capital de giro, pagamentos e investimentos que garantem o futuro são alguns dos aspectos que merecem a atenção dos auditores financeiros.

Entretanto, é interessante ampliar a percepção do papel de uma auditoria. Muitas pessoas percebem as auditorias como uma ação austera e punitiva, mas essa não é a melhor forma de compreender esse processo. As auditorias financeiras são processos padronizados, estruturados e sistemáticos que auxiliam as empresas a cumprir os padrões estabelecidos.

Confira abaixo o que é a auditoria financeira e como realizá-la.

Auditoria financeira para quê?

Como dito, a auditoria financeira serve para orientar todo o fluxo financeiro da organização. Isso pode ocorrer por meio de uma auditoria externa — quando uma equipe terceirizada realiza o processo — ou quando a própria empresa faz a auditoria interna.

Como dito, a auditoria financeira serve para orientar todo o fluxo financeiro da organização, adequando as rotinas financeiras internas às legislações vigentes e aos acordos da própria empresa. Ela se propõe a verificar, por meio da análise de documentos, as evidências que comprovam que as finanças estão sendo conduzidas de maneira regular..

Isso pode ocorrer por meio de uma auditoria externa — quando uma equipe terceirizada realiza o processo — ou quando a própria empresa faz a auditoria interna

Qual a diferença entre auditoria financeira e contábil?

A auditoria financeira é feita sob uma perspectiva que avalia as entradas e saídas de recursos, as reservas financeiras, os investimentos, as contas a receber, a efetividade desses recebimentos e o planejamento que vai garantir a saúde financeira da empresa no futuro.

Já a auditoria contábil, percebe os processos do ponto de vista do cumprimento das obrigações contábeis e fiscais, verifica sobre os recolhimentos de impostos e estuda a melhor forma de fazer isso para que o processo seja efetivo e otimizado.

Quando terceirizar o serviço?

Se a sua empresa pretende recorrer a uma consultoria terceirizada que presta auditoria financeira, é importante saber que mais cedo ou mais tarde a auditoria interna terá que ser implementada. Isso acontece porque a auditoria interna funciona quase como um modo piloto da auditoria externa.

O funcionamento transcorre desta maneira: uma equipe interna é escolhida para fazer a verificação dos processos internos, validar documentação e os fluxos financeiros. Depois, esse grupo dá os feedbacks necessários para que erros sejam corrigidos e as melhorias sejam feitas.

Se a empresa considerar que é importante ter um olhar externo e independente sobre a parte financeira, pode optar por também contratar uma equipe externa. Dessa forma, a auditoria interna servirá como um parâmetro para a condução do trabalho.

Como criar uma auditoria financeira?

Para criar uma auditoria financeira na sua empresa é necessário identificar o motivo pelo qual ela está sendo criada. Há suspeita de algum desvio financeiro? Existe a necessidade de cortar custos? Assim que o motivo for detectado, já se terá o objetivo da auditoria e assim as áreas que serão auditadas estarão mapeadas.

É importante fazer a gestão dos riscos da empresa, que envolvem não só a questão financeira, mas todos os outros que podem se transformar em gasto no futuro, como riscos jurídicos e de imagem. Acompanhar com detalhamento as entradas e saídas de recursos, as contas a pagar e a receber e também os investimentos.

Viu como a auditoria financeira pode ser útil para a sua empresa? Se você deseja ter acesso a outros conteúdos como este, assine a nossa newsletter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This