4 fatores que mostram que você precisa de uma consultoria contábil

 

Por conta das inúmeras tarefas que precisam ser desempenhadas no dia a dia, nem sempre o gestor consegue dar a devida atenção a todos os setores da empresa. Com isso, é normal que possam ocorrer falhas que comprometem a eficiência dos processos, ocasionando, assim, desequilíbrios financeiros. Para evitar situações como essas, o suporte de uma consultoria contábil pode ser a solução.

Com o auxílio de profissionais especializados, será muito mais fácil traçar ações estratégicas que ajudarão a diminuir o pagamento da carga tributária, por exemplo. Lembrando que esse tipo de ação não está relacionada à evasão fiscal, pelo contrário, tratam-se de procedimentos legais que compõem a chamada elisão fiscal.

Portanto, se você tem dúvidas sobre a necessidade de uma consultoria contábil na sua empresa, confira abaixo quatro fatores determinantes que indicam que é hora de contratar suporte profissional!

1. Ter dúvidas sobre direcionamento de recursos

Ter dúvidas sobre a gestão de despesas do negócio é um dos indicadores de que é necessária uma análise profissional da situação. Quando o gestor não sabe se é o momento ideal para realizar investimentos ou corte de gastos, certamente ele não conta com uma política administrativa que possa orientá-lo quanto ao direcionamento de recursos.

Em um ambiente em que a gestão de despesas é prioridade, o administrador analisa periodicamente as despesas do negócio, analisa o fluxo de caixa e adota procedimentos de gerenciamento orçamentário.

Tudo isso garante um melhor desempenho e lucratividade da empresa. No entanto, se esses passos não são seguidos, é hora de pensar em uma consultoria.

2. Não ter um plano de crescimento racional

A expectativa de toda empresa é promover um crescimento sustentável do negócio ao longo dos anos, seja qual for o tamanho dela. Infelizmente, sem planejamento e gestão contábil, garantir índices de desenvolvimento mês a mês será impossível. E caso essa seja a realidade do seu negócio, é hora de pensar em novas estratégias.

Pequenas e médias empresas são as que mais sofrem com a falta do uso de ferramentas certas que promovam sua expansão. Afinal, existem várias alternativas que podem promover o crescimento do negócio, como a diversificação do mix de produtos e uso de diferentes canais de venda, por exemplo. O problema é escolher qual o melhor caminho a seguir.

3. Realizar o pagamento excessivo de impostos

Uma consultoria tributária serve também para garantir que a sua empresa não pague impostos excessivamente. Primeiramente, é preciso entender a diferença entre evasão e elisão fiscal, conceitos essenciais que um gestor precisa conhecer. As duas estratégias visam um só objetivo: a diminuição do pagamento de impostos.

No entanto, a elisão fiscal utiliza recursos legais para fazer isso, enquanto que a evasão está relacionada à prática de sonegação fiscal — o que é considerado crime. O sistema de tributos brasileiros é complexo, mas com o planejamento adequado e consultoria especializada, a empresa não pagará valores maiores ou menores do que o necessário.

4. Não ter um planejamento tributário

redução da carga tributária depende, inicialmente, de um fator: a escolha certa do regime tributário para a empresa. No Brasil, os negócios podem optar pelo Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido — sistemas que vão definir os valores de impostos que serão pagos pela sua empresa.

Quem não tem conhecimento profundo sobre o assunto terá dificuldades para entender a complexidade desses regimes. Na prática, isso significa escolhas erradas que resultarão no pagamento de impostos desnecessários, causando prejuízos ao negócio.

E agora, ficou mais fácil entender a importância de uma consultoria contábil para a sua empresa? Aproveite para entrar em contato conosco, estamos há mais dez anos no mercado auxiliando o desenvolvimento dos negócios de muitas pessoas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This