Como funciona a Blindagem Patrimonial?

A Blindagem Patrimonial não é novidade. No Brasil, a prática ganhou força durante a década de 90, logo após a crise econômica que assustou muitos brasileiros. Além da hiperinflação, as pessoas ainda tiveram poupanças bloqueadas. Foi um verdadeiro caos, não é verdade? Esperamos que você ou sua família tenha recuperado qualquer prejuízo dessa época.

Depois disso, as coisas se ajustaram, é verdade, mas a situação abriu o olho para o fato de que é preciso sempre pensar em maneiras eficientes para proteger o patrimônio. A partir daí, muitos profissionais da área contábil e jurídica começaram a pensar em estratégias para conseguir esse feito. Surgiu daí o conceito de Blindagem Patrimonial.

A seguir, vamos mostrar como funciona essa estratégia e os principais motivos para adotá-la. Acompanhe o texto!

Afinal, como funciona a Blindagem Patrimonial?

Planejamento tributário e financeiro. Sim, essas são as bases para realizar a blindagem patrimonial. A ideia é utilizarmos meios jurídicos e legais para proteger o patrimônio das intempéries políticas e econômicas do país. Para isso, é preciso coçar muito a cuca, conversar com consultores, e escolher a melhor alternativa para a sua situação.

São inúmeras as maneiras de proteger o patrimônio. Você pode criar uma empresa patrimonial, abrir uma conta no exterior, escolher regimes de casamento mais benéficos para você, entre muitas outras. O mais interessante é realizar o planejamento, manter o foco no futuro e sempre ter uma coisa em mente: é preciso proteger o patrimônio!

Quais os principais riscos ao patrimônio?

Ainda em dúvidas a respeito do porquê realizar a blindagem patrimonial? Então nesta parte do texto vamos mostrar tudo o que pode acontecer com o seu patrimônio para que você abra o olho e realmente comece a pensar nesse tipo de solução. Vamos acompanhar os principais riscos e benefícios?

Riscos tributários e fiscais

Aumenta tributo daqui, cria imposto de lá. Nossos legisladores não param, não é verdade? Nunca sabemos ao certo o que pode acontecer com a situação da legislação no país e alguns já falam, inclusive, em reforma tributária. É preciso resguardar o patrimônio desse tipo de situação, é claro.

Questões familiares

Outro ponto que requer atenção são as questões familiares. É preciso que o patrimônio seja blindado não só para garantir que a sucessão ocorra da melhor forma possível, mas também para evitar que bens sejam transferidos de maneira equivocada entre os entes familiares.

Encargos elevados

Sim, as questões tributárias mudam a todo o tempo, mas atualmente a situação já não é muito boa. São muitos os encargos que recaem sobre o seu patrimônio e a melhor forma para reduzi-los é contar com um bom planejamento tributário e financeiro. Em outras palavras, a Blindagem Patrimonial é a solução para pagar menos tributos.

Para fechar, é importante destacar que a Blindagem Patrimonial é uma solução acessível a qualquer pessoa, basta que ela procure por um bom consultor capaz de analisar a situação específica da pessoa e apresentar soluções realmente relevantes e personalizadas.

Gostou do post? Quer acompanhar mais conteúdos como esse? Então, siga-nos no Facebook e no Instagram para acompanhar mais novidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This