Como sua empresa pode garantir a regularidade fiscal? Blog da MG
regularidade fiscal

A carga tributária brasileira é bastante elevada, tanto para as empresas quanto para as pessoas físicas. Isso faz com que muitos empreendedores negligenciam o pagamento dos impostos, o que é um grande erro, pois a regularidade fiscal é fundamental para o desenvolvimento saudável das empresas.

Esse é um requisito para garantir a sobrevivência e continuidade do negócio, mas nem todos sabem como podem se manter regulares. Neste artigo, explicamos a importância de pagar os tributos corretamente e listamos as melhores dicas para fazê-lo. Confira!

Por que as empresas devem manter a regularidade fiscal?

Manter a regularidade significa pagar os valores corretos e dentro do prazo de todas as obrigações da empresa. A legislação e os agentes fiscais não são brandos quando devem impor penalidades para aqueles que ferem a lei.

Deixar de pagar tributos gera multas, excessivamente onerosas e até a paralisação do negócio. Por exemplo, a sonegação do Imposto de Renda, enquadrada na Lei n.º 8.134/90, pode gerar multa que chega a 150% do valor devido e acarretar em prisão de 5 anos.

Além disso, pagar corretamente possibilita a emissão da certidão negativa de débitos fiscais, que indica não ter nenhuma obrigação em aberto. Isso permite que a empresa adquira financiamentos e empréstimos bancários com facilidade, participe de licitações, consiga mais investimentos etc.

Quais são algumas dicas para garantir a regularidade fiscal?

Para se manter regular é necessário muita organização e disciplina. Confira algumas dicas de como atingir esse objetivo.

Pague todos os impostos em dia

À primeira vista essa é uma dica bem óbvia, mas pagar tudo em dia não é tão fácil quanto parece, pois é necessário sempre ter o dinheiro em caixa na data certa. Para isso, é fundamental criar uma conta exclusiva para o pagamento dos tributos.

Calcule, antecipadamente, quais tributos você deve pagar mensal, trimestral e anualmente. Projete as vendas prováveis nesse período de tempo e, após, acrescente ao preço de cada uma delas uma pequena parcela do tributo a ser pago. Não gaste a quantia reservada para os impostos em hipótese alguma, quando chegar a data, você conseguirá pagar tudo em dia.

Faça um calendário fiscal

Essa dica é um desdobramento da anterior, aqui você fará um calendário contendo as datas exatas do recolhimento de cada imposto.

Além disso, também faça um cronograma para preparar o recolhimento do tributo antecipadamente, deixar tudo para a última hora é uma péssima ideia, pois os cálculos dos tributos são complicados e podem levar o dia todo para fazer. Assim, você não corre o risco de não ter tempo para fazer todas as contas, declarações, preencher formulários, enviar guias, entre outras burocracias.

Use a tecnologia

Existem aplicativos de gestão desenvolvidos especialmente para realizar o controle fiscal de empresas. Não confunda esses softwares com simples planilhas do Excel e relatórios Word, os programas especializados realizam os cálculos conforme a lei, o que elimina a possibilidade de erros por má interpretação da legislação.

Essa tecnologia também sincroniza o sistema do negócio com o do governo, envia alertas sobre os prazos, demonstra os valores de cada tributo em cada produto ou serviço ofertado, entre outras funcionalidades.

Conte com uma ajuda especializada

Não é viável que o empreendedor dedique centenas de horas, ou até alguns anos, de sua vida ao estudo da legislação fiscal brasileira. É preciso muito conhecimento técnico para assegurar a regularidade fiscal e o empresário precisa se concentrar na gestão do negócio.

Por essa razão, torna-se necessário que o administrador contrate especialistas para regularizar o negócio. Os profissionais analisam os processos da empresa e os tornam mais eficientes. Com esse serviço, a companhia conseguirá sempre se manter regular.

Além disso, eles também fazem com que a empresa aproveite de incentivos fiscais que reduzem a carga tributária. Essas são regalias previstas em lei, que muitos gestores não sabem como aproveitar delas pela simples falta de conhecimento técnico sobre o assunto.

A regularidade fiscal é um requisito para o desenvolvimento da empresa, além de evitar penalidades legais, dá acesso a oportunidades, como licitações e financiamentos mais vantajosos. Entretanto, ter a ajuda de profissionais é fundamental para isso.

Para conquistar a regularidade fiscal, acesse o site da MG Auditoria e conheça nossos serviços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This