Veja como são feitas as demonstrações financeiras. Blog da MG
demonstrações financeiras

Seja para entender a situação da empresa, analisar possibilidades de investimentos e expansões, auxiliar a tomada de decisões ou mesmo atrair investimentos, é preciso ter uma dimensão exata da situação orçamentária do negócio.

Para se chegar a um panorama correto do patrimônio, fluxo de caixa e resultados contábeis em geral, é preciso utilizar um recurso conhecido como demonstrações financeiras.

Esses relatórios contábeis também são essenciais para ajudar no controle de gastos, para a realização de melhores investimentos e gerenciar de maneira eficiente as contas da empresa. No entanto, há diferentes tipos de demonstrações financeiras, e cada uma delas é voltada para a identificação e medição de diferentes valores.

Neste post, explicamos para que servem essas demonstrações contábeis, quais são os seus componentes e como elas são feitas. Confira!

Para que servem as demonstrações financeiras?

De modo geral, as demonstrações financeiras representam um balanço estruturado do patrimônio e finanças da empresa. Basicamente, elas evidenciam os resultados do gerenciamento e gestão de recursos, permitindo análises que vão resultar em decisões e estimativas de resultados em médio e longo prazo.

Gestores, sócios da empresa e até mesmo possíveis investidores são os mais interessados na obtenção desses relatórios. Afinal, são eles que demonstram se o negócio é sustentável, se conseguirá arcar com os seus compromissos, se está gerando o lucro estimado, entre outras avaliações importantes.

Quais os componentes e o que é analisado?

As demonstrações financeiras são divididas em:

  • balanço patrimonial;
  • demonstração de resultado;
  • demonstração das mutações do patrimônio líquido;
  • demonstrações do fluxo de caixa;
  • demonstrações do valor adicionado;
  • notas explicativas.

Talvez o balanço patrimonial seja a principal demonstração esperada, já que é por meio dela que se consegue entender exatamente o alcance financeiro da empresa.

É comum fechar esse relatório ao final de cada ano — e nele deverá ser possível analisar os elementos que resultarão em benefícios econômicos como valores a receber e estoques, além dos compromissos que deverão ser liquidados, como o pagamento de fornecedores. O resultado é conhecido como patrimônio líquido.

Já o objetivo da demonstração de resultado é oferecer todas as informações econômicas da empresa, apresentado lucros e prejuízos das ações, apurando custos e despesas. A demonstração das mutações do patrimônio líquido nada mais é do que a análise da movimentação das contas do patrimônio líquido.

O relatório do fluxo de caixa pode ser diário, semanal, mensal ou anual, devendo mostrar exatamente os recursos que entraram e saíram no período analisado, tudo para manter o controle das operações. A demonstração de valor adicionado é aquela que detalhe as riquezas que foram conquistadas pela empresa em cada período.

Caso haja a necessidade de complementar as informações das demonstrações contábeis citadas, pode-se fazer o uso das notas explicativas. Isso significa que elas também servem para explicar uma situação patrimonial que não tenha ficado clara.

Qual a importância das demonstrações?

Diante dessas informações, é possível compreender que as demonstrações financeiras fazem parte de uma gestão bem estruturada, planejada e focada em resultados. Afinal, sem o conhecimento apurado das finanças e como elas estão sendo utilizadas na empresa, é impossível traçar metas e os caminhos que serão propostos para atingi-las.

Os indicadores globais obtidos nas demonstrações podem e devem ser produzidos de acordo com o giro dos recursos da empresa. Assim, muito mais do que o cumprimento de obrigações legais, eles também serão úteis para manter a organização e saúde financeira do seu negócio!

Gostou de saber um pouco mais sobre demonstrações financeiras? Aproveite para entrar em contato conosco e saber como podemos auxiliar você nos negócios!

BPO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This