Não cometa os 4 erros mais comuns na rotina do setor financeiro
rotina do setor financeiro

No dia a dia de uma empresa, o gestor precisa estar atento às diversas necessidades que devem ser planejadas, executadas e acompanhadas o tempo todo. Afinal, um negócio sem planejamento e estabelecimento de metas a serem atingidas, dificilmente conseguirá se desenvolver. E dentro desse planejamento necessário, um assunto específico precisa ser tratado com atenção: a rotina do setor financeiro.

Para que o departamento responsável pelas finanças não cometa erros que possam ser prejudiciais à empresa, é importante contar com um planejamento e evitar erros frequentes. Entre eles, podemos destacar a falta de atenção ao fluxo de caixa, não manter um calendário organizado com prazos e vencimentos, entre outras ações que parecem inofensivas, mas poderão resultar em inúmeros prejuízos.

E para você evitar esses erros mais comuns no dia a dia do seu negócio, abaixo listamos o que precisa ser evitado na rotina do setor financeiro. Confira!

1. Não avaliar o desempenho da empresa

Uma gestão eficiente está sempre em busca de melhorar a performance da empresa e, para isso, é indispensável fazer um rigoroso controle para avaliar indicadores e desempenho. Sem esse acompanhamento sistemático, o gestor simplesmente não consegue traçar estratégias adequadas e, muito menos, atingir resultados consideráveis.

Todos os números devem ser constantemente monitorados e avaliados, pois a eficiência dos resultados dependerá desse controle. Infelizmente, esse ainda é um erro muito recorrente no dia a dia dos negócios, seja por inexperiência dos gestores ou mesmo por falta de organização. Por isso, esteja sempre atento ao que precisa ser avaliado para que nada fuja do controle e planejamento.

2. Não fazer planejamento financeiro

Outro problema muito comum é a falta de organização financeira, ou seja, a empresa desenvolve suas atividades sem o respaldo de um planejamento orçamentário. É dever do gestor controlar as movimentações financeiras e organizar os recursos da melhor maneira possível, de forma que as contas sejam pagas nos dias certos e os recebimentos estejam de acordo com prazo esperado.

Contar com um bom planejamento financeiro é essencial para manter as operações da empresa em pleno funcionamento, criar estratégias de crescimento e de novos investimentos, por exemplo. Além do mais, saber exatamente como andam os números e finanças ajuda a evitar imprevistos que podem comprometer a saúde financeira do negócio.

3. Não controlar o fluxo de caixa

É importante também estar atento ao fluxo de caixa, que nada mais é do que acompanhar as entradas e saídas de recursos das contas da empresa. O ideal é que esse controle seja diário, ou seja, sempre que algo for pago ou a empresa receber qualquer valor é preciso fazer imediatamente o registro.

Muitos não dão a importância devida ao fluxo de caixa, o que é um grande erro. Afinal, é a partir do fluxo de caixa que se pode fazer projeções, traçar estratégias e planejar os próximos passos da empresa.

4. Não automatizar os processos

Todo esse planejamento e organização que foi citado acima pode e deve ser facilitado com ajuda profissional e automatização de processos. Hoje, principalmente as empresas de pequeno porte podem se beneficiar do suporte estratégico de soluções personalizadas que ajudam a manter as finanças mais organizadas.

Softwares e plataformas específicas mantêm as informações integradas e sempre disponíveis para serem usadas. Com isso, a rotina de trabalho do gestor é facilitada e a chance de erros diminui.

Todos os erros acima são comuns no dia a dia corporativo, mas podem e devem ser evitados. Tudo começa com um bom planejamento, organização e, quando necessário, com o suporte de ajuda especializada.

E se você gostou dessas dicas sobre a rotina do setor financeiro, aproveite para deixar seu comentário!

BPO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This