Escrituração contábil: o que é e quais os benefícios para a empresa?

A escrituração contábil é uma obrigação que toda empresa, independentemente do porte, precisa cumprir. Considerada uma das mais importantes ferramentas de gestão, funciona como um registro cronológico de tudo o que acontece na empresa, preservando a identidade e memória do negócio.

Além disso, a partir das informações contidas nessa escrituração é que o gestor conseguirá controlar o patrimônio da empresa e fazer um gerenciamento mais eficiente. Por outro lado, o documento também é uma exigência legal presente na Legislação Tributária e Código Comercial.

Para você entender melhor sobre o assunto, explicamos, neste post, a importância da escrituração contábil para o seu negócio, os benefícios de manter o documento em dia e a importância de escolher um profissional qualificado para executá-la. Confira!

O que é escrituração contábil para empresas?

Ainda na época da expansão mercantil, as pessoas com mais riquezas utilizavam escrituras para controlar seus bens e negócios. Afinal, sem organização e descrição minuciosa é impossível saber exatamente o tamanho de um patrimônio e, assim, gerenciá-lo da melhor maneira.

De acordo com as normas do setor contábil, a escrituração contábil é o registro organizado das mudanças patrimoniais da empresa em determinado período. Ou seja, é um documento que precisa ser feito seguindo uma ordem, com o intuito de demonstrar e permitir possíveis análises a partir dos registros.

As mudanças de patrimônio anotadas na escrituração podem ser tanto em virtude da atividade econômica como também social. Algumas regras precisam ser seguidas para a inclusão das informações, como o uso de números de identificação e datas. Por isso, é mais do que recomendável que um profissional qualificado faça isso pela empresa.

Qual é a importância do documento?

Além das formalidades impostas pela legislação, a elaboração da escrituração contábil traz muitos benefícios aos negócios. Entre os principais, podemos destacar:

  • melhor controle do patrimônio;

  • informações úteis para tomada de decisão;

  • ferramenta para gestão.

Uma empresa que não tenha conhecimento pleno a respeito do seu patrimônio certamente encontrará dificuldades para a realização de diferentes ações.

Comprovação de prejuízo, solicitação de recuperação judicial, acesso a linhas de crédito e mesmo distribuição de lucros são algumas das situações que ficam comprometidas quando não há controle financeiro, como o feito a partir da escrituração contábil.

Não há como negar também que a contabilidade é um instrumento muito importante para o dia a dia da gestão, seja qual for o nível de complexidade da atividade. Com isso, sócios e administradores são os grandes beneficiados com a implementação de rotinas que visam organizar as informações da empresa, além da promoção da sustentabilidade financeira.

Como a escrituração é feita?

A primeira premissa para a elaboração do documento é a escolha de bons profissionais. Existem diferentes métodos que podem ser usados para a criação das escrituras, no entanto, somente um especialista saberá exatamente qual é o melhor caminho e os procedimentos certos para a execução do documento adequado.

Existe a necessidade de incluir documentos essenciais, que funcionarão como bases para os registros. Além do mais, uma escrituração não pode conter nenhum tipo de erro e, para se obter esse nível de excelência, somente um profissional com experiência poderá garantir a segurança que a empresa precisa.

Gostou das informações sobre a elaboração da escrituração contábil? Aproveite para nos seguir nas redes sociais e continuar recebendo dicas úteis para o seu dia a dia profissional! Estamos no Facebook e no Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This