Fluxo de caixa: entenda porque e como avalia-lo

 

Ignorado pelos empreendedores mais inexperientes, o fluxo de caixa é mais relevante do que se imagina. É por meio dele que você, como gestor, pode analisar qual é a real situação financeira do seu negócio. Sem uma boa avaliação do fluxo de caixa, fica praticamente impossível projetar o próprio crescimento econômico da empresa.

Mas você sabe como avaliar e otimizar o fluxo de caixa da sua empresa? Continue a leitura para saber como!

Como avaliar o fluxo de caixa da empresa?

Para avaliar o fluxo de caixa, você precisa utilizar alguns indicadores, como:

  • margem de contribuição;

  • ponto de equilíbrio;

  • lucratividade;

Nós explicaremos cada um deles na sequência.

O que é a margem de contribuição?

Sem dúvida, e em se tratando de fluxo de caixa, esse é o primeiro indicador a ser avaliado. Afinal, ele aponta o lucro obtido (se houver) após o abatimento dos custos vairáveis.

Como avaliar esse indicador

A fórmula de cálculo desse indicador é MC = PV – (CMV + DV). Logo, para chegar à margem de contribuição, você deve somar o custo de mercadoria vendida (CMV) com a despesa variável (DV). Em seguida, basta subtrair o preço de venda (PV).

Caso a margem de contribuição esteja negativa, isso significa que o negócio está gerando prejuízos. E mesmo que ela esteja positiva, é necessário considerar outras métricas. Uma delas é o ponto de equilíbrio.

O que é o ponto de equilíbrio?

O ponto de equilíbrio demonstra qual é o valor mínimo de receita a ser alcançada para que a empresa não apresente prejuízo.

Como avaliar esse indicador

Nesse caso, basta estabelecer um parâmetro entre a capacidade produtiva e comercial do negócio com o valor do ponto de equilíbrio.

Se o ponto de equilíbrio aponta a necessidade de se vender 80 unidades de um produto, mas a empresa consegue produzir apenas 70, isso significa que há prejuízo. Afinal, o negócio não oferece a capacidade de produção adequada para suprir as despesas fixas.

Também é possível que a produção mínima seja atingida, mas o estoque não seja convertido em vendas. Nesse cenário, é preciso rever as estratégias comerciais da empresa.

O que é a taxa de lucratividade?

Lucratividade é um indicador diretamente ligado à eficiência operacional do negócio.

Como avaliar esse indicador

Evidentemente, toda empresa objetiva o aumento do lucro (quanto maior, melhor). Para isso, o olhar sempre deve se voltar aos custos e às estratégias que possam diminuí-los sem afetar a parte operacional do negócio. Uma receita relativamente alta tende a ser quase anulada por um porcentual elevado de custos.

Como manter o fluxo de caixa otimizado

Além de conhecer e saber utilizar indicadores de análise, é igualmente necessário manter o fluxo de caixa otimizado. Assim, observe algumas formas de se fazer isso.

Diminua a sazonalidade

Existem determinados negócios que apresentam um período de sazonalidade bem preocupante. É o caso das sorveterias, que tendem a vender muito bem durante os meses mais quentes. O mesmo não se pode dizer nos dias mais frios, ao menos em teoria.

Diante disso, o negócio precisa desenvolver produtos (ou serviços) que atendam as necessidades de seus clientes durante todo o ano. A receita pode ser maior em intervalos específicos e se manter equilibrada nos demais.

Negocie prazos com fornecedores

Outra forma de preservar a saúde do fluxo de caixa é negociar os prazos com os fornecedores. Essa é uma prática comum, pois concede um descanso para o fluxo de caixa. Logo, a empresa alivia a pressão sobre o capital de giro, mesmo que seja temporariamente.

Conforme você pode conferir, para manter a fluidez do fluxo de caixa é preciso adotar algumas rotinas de análise. Se realizadas com precisão, essas avaliações facilitarão a busca de soluções para os problemas diários da empresa.

Agora que você já sabe como avaliar a situação do fluxo de caixa da sua empresa, deixe um comentário aqui no post e compartilhe sua experiência com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This