4 formas de evitar a autuação fiscal que você precisa saber -Blog da MG
autuação fiscal

Ao ter o próprio negócio, qualquer empresário precisa ficar muito atento à gestão tributária da sua empresa. Por sinal, essa é uma das partes administrativas mais delicadas. Por isso, a solicitação da ajuda de especialistas é mais do que providencial, além de comum. Eles ajudam a livrar a sua empresa da temida autuação fiscal.

Ao ser autuado pelo Fisco, o seu negócio será obrigado a, no mínimo, pagar algumas multas. A depender do valor de cada uma e da frequência, essa cobrança pode impactar negativamente o caixa do negócio. Além disso, existe o risco real de a empresa ter as atividades suspensas ou finalizadas.

Para proteger o seu patrimônio de qualquer autuação fiscal, é necessário conhecer as origens do problema. Continue com a gente para se inteirar de 4 práticas para evitar esse tipo de transtorno!

1. Faça um calendário fiscal

Um equívoco muito comum se refere à perda dos prazos de recolhimento dos tributos obrigatórios. A partir do momento em que a empresa está enquadrada em um dado modelo tributário, ela precisa honrar o pagamento de tributos específicos. O atraso desses pagamentos pode iniciar a formação de uma futura bola de neve.

2. Realize auditorias em períodos regulares

As auditorias podem ser internas ou externas. No primeiro caso, o procedimento é efetuado por uma equipe da empresa criada com esse fim. No segundo, o time é composto por profissionais de organizações independentes.

O ideal é que a empresa opte pela auditoria externa. Assim, a fiscalização do setor fiscal será aplicada por pessoas que não possuem ligação com o negócio. Portanto, a análise terá mais credibilidade e precisão.

As auditorias conseguem revelar quais são os procedimentos falhos de qualquer departamento da empresa. No caso da área fiscal, os auditores conseguem apontar as causas divergentes que podem culminar em autuações do Fisco.

3. Certifique-se de que a equipe fiscal esteja atualizada

Ocasionalmente, colaboradores bem treinados bastam para que os procedimentos fiscais sejam concluídos a tempo e sem erros. Nesse ponto, convém mencionar a importância de manter a equipe igualmente atualizada em relação à legislação tributária vigente.

O conjunto de leis que regem a declaração de tributos varia de período. Para quem é dono de um negócio, a existência de funcionários que pararam no tempo é algo inviável. Entenda que o comodismo definitivamente não combina com um setor tão dinâmico como o departamento fiscal.

4. Conte com os serviços especializados de uma consultoria tributária

Esses serviços podem ser úteis antes mesmo de inaugurar a operação do seu negócio. Como essas assessorias são feitas por profissionais altamente capacitados, essa é uma boa forma de acertar na escolha do modelo tributário.

Desse modo, a carga de impostos da sua empresa pode ficar mais enxuta e econômica. Além disso, os consultores podem promover todo o treinamento necessário para formar um time interno altamente especializado. Por fim, o seu negócio pode economizar ainda mais por meio das medidas de elisão fiscal.

Evitar que a sua empresa seja alvo de uma autuação fiscal requer planejamento e organização. Essas dicas simples podem fazer muita diferença. Com a ajuda de uma boa consultoria e dos colaboradores certos, não há com o que se preocupar!

Agora, você só precisa tirar todas as suas dúvidas sobre o que é auditoria fiscal. Boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This