Método PDCA: entenda o que é e como usá-lo na sua empresa - Blog da MG Auditoria, Consultoria e Contabilidade
Método PDCA: entenda o que é e como usá-lo na sua empresa

Você conhece o método PDCA (Plan, Do, Check, Act or Adjust)? Então, se aconchegue na sua poltrona, porque chegou o momento de você conhecer uma das metodologias de gestão mais reconhecidas por empreendedores!

O PDCA foi desenvolvido pelo americano Edward Deming e, acredite, a aplicação do método foi um dos principais fatores que levaram a retomada industrial do Japão depois da Segunda Guerra Mundial. Impressionante, não é mesmo? É por isso que, hoje, ele é aplicado em muitas organizações.

Para você entender melhor sobre o assunto, a seguir, explicaremos o que é e como funciona o método PDCA. Confira!

Afinal, o que é o método PDCA?

O PDCA tem como objetivo aprimorar a qualidade da gestão de um negócio ao longo do tempo. Basicamente, a ideia é identificar e solucionar quaisquer tipos de problemas que sejam apresentados no cotidiano, que afetam não só a produtividade, mas também questões como o atendimento, comunicação, ambiente de trabalho, entre outros.

“Dificuldades e obstáculos são fontes valiosas de saúde e força para qualquer sociedade”. Essa frase é de Albert Einstein e se aplica muito bem à metodologia. Isso porque o objetivo final é fortalecer a empresa a cada novo problema ou barreira encontrada no ambiente de trabalho.

A metodologia pode ser utilizada em qualquer aspecto da sua empresa  da gestão de clientes até a gestão de processos internos  e passa por quatro etapas diferentes. Vamos conferir cada uma delas?

  1. Plan (planejamento): quando o problema é identificado no ambiente de trabalho, o gestor deve começar o planejamento, definindo plano de ação, metas e indicadores de desempenho.
  2. Do (fazer): depois disso, ele deve colocar o plano de ação em prática, resolvendo o problema de acordo com o que foi previsto no planejamento.
  3. Check (checar): não adianta fazer o plano de ação se você não sabe se ele deu certo ou errado. É por isso que é preciso acompanhar os indicadores de desempenho para comparar os resultados.
  4. Act or Adjust (agir ou ajustar): existem duas possibilidades após o término do PDCA, ou ele deve aceitar o novo padrão e concluir o ciclo, ou deve agir corretivamente caso a solução não tenha sido satisfatória.

Como utilizar a metodologia?

Conte com o suporte da tecnologia

Um bom Enterprise Resource Planning (ERP) pode ajudar bastante no desenvolvimento do PDCA. Afinal, um dos passos mais importantes para utilizar a metodologia é identificar os problemas que devem ser solucionados, e o ERP permite o mapeamento de todos os processos para que sejam encontrados pontos de melhoria.

Utilize indicadores de desempenho

A utilização de indicadores de desempenho também é crucial para que você obtenha sucesso durante a aplicação do método. O motivo é muito simples: você precisa sempre de dados a respeito do seu negócio para que possa fazer um comparativo entre o que você mudou e como era antigamente.

Conte com pessoal qualificado

O conhecimento técnico é um dos principais fatores para o sucesso da aplicação do método. É por isso que é muito recomendado contar com o suporte de uma consultoria especializada, que possa avaliar a situação da sua empresa e sugerir as modificações necessárias para que ela obtenha mais resultados.

Para fechar, é importante destacarmos que o método PDCA é um grande diferencial para a competitividade do seu negócio, visto que ele tem como foco a melhoria contínua de qualquer tipo de processo da empresa. Desse modo, você realmente ganha o destaque que merece e supera a concorrência!

Ficou com alguma dúvida sobre o método PDCA? Deixe sua pergunta nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This